segunda-feira, 9 de maio de 2011

Estupro



[Texto escrito em modo irônico]

Ok, então eu tenho que:

1)Usar cabelo curto
2)Me vestir como um homem, quando mais tecido melhor, afinal nem faz tanto calor assim no Rio...
3)Sair depois das 8:30 e chegar antes das 22:00 em casa
4)Não estacionar em estacionamentos, vigiar minhas necessidades fisiológicas (preferência faça todas em casa), não passear em parques e em jardins (talvez uma voltinha em meio as plantinhas que tenho na minha sala de estar)
5)Torcer para caso EU seja descuidada o criminoso (sim, por incrível que possa parecer para algumas pessoas, estupro é crime) esteja portando uma arma assim ele poderá ficar mais tempo preso caso seja pego (não por me estuprar, claro porque isso deve ser culpa minha pois eu que devo ter sido descuidada)
6)Vigiar todos os lugares por onde ando e ser bem agressiva com o estuprador (sentimentos ambíguos... mas talvez seja melhor torcer para que ele não tenha uma arma nesse momento)
7)Andar sempre com um guarda-chuva grande na mão mesmo em dias ensolarados e noites estreladas (noite? Que noite? Onde já se viu, lembra do conselho 3? Corra para casa de preferência antes de anoitecer, melhor pecar pelo excesso de zelo, afinal depois ainda vai ter que ouvir da polícia: "Viu? Eu te avisei")
8)Ser sagaz e paranoica, ver todos os homens como estupradores em potencial e todos os lugares por onde ando um pode estar a espreita e toda a sombra pode ser um bom lugar para ele me (e te) estuprar.
9)Manter a garganta sempre em dia, aqui eles falam em spray de pimenta, mas infelizmente a venda e uso desse produto pelas mulheres é proibido no Brasil se alguma for pega com isso na bolsa é capaz de ficar mais tempo presa do que o estuprador.
10)Novamente, seja paranoica, o tempo todo. (estranho chamar o estuprador de "rapaz")
11)Claro, grite FOGO! FOGO! Pois ninguém quer ajudar uma mulher que está sendo estuprada, mas todos adoram ver alguém sendo queimado vivo....(as pessoas são curiosas, mas estupro realmente ainda é um assunto tabu)
12)Não, não são coisas simples, simples seria dizer logo de uma vez para as mulheres nem saírem de casa mais.

Esse vídeo é uma cortesia da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro, onde a responsabilidade de não ser estuprada é toda de nós, mulheres. Afinal vivemos em um país onde a culpa é sempre da vítima.

Essa publicação é uma “homenagem” ao “Rafinha das cavernas” e suas declarações mais infelizes que esse vídeo.

Nenhuma mulher é estuprável!
Ao invés da polícia dar dicas para as mulheres, seria melhor fazer uma campanha dizendo que "ESTUPRO É CRIME SIM SENHOR" pois muitos parecem esquecer disso, incluindo esse tal Rafael "Criminoso" Bastos.

Aproveito para deixar aqui um link para um ótimo texto da Renata Oliveira Lima:
Isso não é um convite para me estuprar!!!!

“Isso é sobre violência”, fotos da “Marcha das Vadias – RJ”  Por Geraldo Garcia

domingo, 8 de maio de 2011

Isaac Asimov prevendo o impacto da Internet

"Isaac Asimov foi um escritor e bioquímico estadunidense, nascido na Rússia, autor de obras de ficção científica e divulgação científica."
Leia mais 

Detalhe: esse vídeo é de 1988



Se a legenda não entrar basta ativá-la da opção "cc"

sábado, 7 de maio de 2011