sexta-feira, 8 de abril de 2011

Redes Sociais e apologia ao crime

No post anterior mencionei sobre as mensagens de violência e ódio que são vomitadas a cada instante no Orkut.
Essas pessoas se escondem atrás da liberdade de expressão para na verdade fazerem apologia ao crime.

Clique para ver maior















































Comunidade Irmandade masculina

Basta uma olhada rápida em comunidades do mesmo dono o tal  ϟϟ#PULSEN#ϟϟ para encontrar esses adeptos da "Liberdade de expressão" fazendo na verdade apologia ao crime, violência, descriminação, intolerância, retorno a ditadura, nazismo etc etc etc.

Só para citar algumas:
Morte aos sodomitas

Essa pelo título parece ser uma comunidade em defesa dos direitos LGBT, leiam a descrição da comunidade.
Pelo fim da homofobia

Negro bom é negro morto

A capa dessa comunidade faz alusão as afirmações preconceituosas do Pastor e Deputado Marco Feliciano
Injeção letal em animais

Segue a linha da anterior
Bomba atomica na africa

Racismo, machismo e criminalização da pobreza.
Negras pelo direito de abortar 

Mais absurdos identificados contra as mulheres e lésbicas.

Stupro em caso de aborto

O Stupro é culpa da Mulher

Penetração corretiva: Lesbicas

Pela Legalização do Stupro

Do mesmo dono, ele cita na capa um blog idealizador
Eu ri do massacre do Realengo

Não sei do que se trata o link que consta na capa dessa comunidade, na dúvida melhor não clicar.
Criança Boa , é Criança MORTA


Essa comunidade usa informações sobre as vítimas que nossa imprensa lixo, ávida por ibope, disponibiliza sem nenhuma vergonha ou compaixão.

10 Coisas que aprendi no RIO

Clique na imagem para vê-la maior

Perfil @frontnacional agora no twitter:
Clique para ver maior

Essa foi denunciada ao Orkut, os denunciantes receberam de volta uma mensagem automática que dizia que o conteúdo não viola nenhuma política no orkut
exterminio aos gay

Via Carlos Latuff no Twitter, incentivando o estupro corretivo em lésbicas
P.C : Lesbicas (Backup)


Ainda não terminei de atualizar, vou colocar mais prints e outras comunidades que for achando pelo caminho.
Por favor, denunciem direto ao ministério público todas essas comunidades, seus donos e moderadores, no caso essaes parecem ser de São Paulo, então denunciem atraves do email: comunicacao@mp.sp.gov.br

Denúncias ao ministério publico federal Formulário Denúncia ao Ministério Público Federal

Dica do @Jeanwyllys_real denunciar também no Disque 100 Secretaria de Estado de Direitos Humanos

A Deputada Manuela d'Ávila também pede que enviem denuncia através da Comissão dos Direitos Humanos pelo email Cdh@Camara.gov.br

Denúncie também a Polícia Federal em Crimes Contra os Direitos Humanos na Internet

Sempre ligada em ajudar e distribuir informações Maria Frô através do Twitter recomendou um post em seu Blog onde mostra vários caminhos onde essas denúncias devem ser feitas Denuncie sites fascistas e leia o belo texto de Rosana Jatobá Não deixem de ler os textos!

Se você tem um blog com mais visibilidade copie esse post, vamos divulgar e denunciar o máximo que pudermos!

8 comentários:

  1. Eu ainda sustento a tese de que estes atos são armações com o objetivo de bagunçar os animos e criar um momento Hobbesiano, que culminará com a sociedade clamando pelo controle da rede. Existem perfis falsos, manobrados por pessoas extremamente intencionadas que se infiltram em nichos e comunidades e as estudam. Criam topicos e alimentam os mais fracos de modo a produzir estas coisas que voce cita.

    ResponderExcluir
  2. Caralho! Não dá nem pra acreditar que existem pessoas assim.

    ResponderExcluir
  3. Por isso que precisamos identificar o indivíduo e puni-lo.

    Se alguém ou um grupo está usando a rede para fazer apologia ao crime eles que precisam ser punidos e não a Rede.

    Se eles estão fazendo isso como uma apoio a um movimento de controle da rede o tiro pode acabar saindo pela culatra, pois vai acabar criando o precedente necessário para grupos contra as armas, os carros, tabaco e o álcool, que são indústrias que servem justamente aqueles que visam proibir e controlar a internet.

    O brasileiro precisa aprender a se comportar dentro da sociedade, e os órgãos públicos precisam garantir que os indivíduos e grupos criminosos sejam punidos.

    Proibir ou controlar a internet não irá fazer diferença para esses grupos, pois a verdadeira violência é praticada na rua, a internet é só um "desabafo" ou uma forma de se organizarem em grupos e planejarem ataques, se proibirem a rede por conta disso depois terão que proibir o boteco da esquina, fechar as praças, ruas, toque de recolher etc.

    ResponderExcluir
  4. Pra variar a Mídia de Massa e o PiG em nome do Ibope e interesses escusos perderam, mais uma vez, a oportunidade de promover um debate sério sobre o tema.

    Se eles não fazem, fazemos nós. Caribé, vamos promover um debate na Rede Liberdade sobre esse tema.

    ResponderExcluir
  5. Mais algumas comunidades racistas, homofóbicas e afins no Orkut:

    Piadas de pretos
    Pre*o é bom pra *orrer
    Brack Obama=macaco DESGRAÇADO
    Dia de branco:Dia de trabalho
    Orgulho branco
    Preta=promiscua
    Lugar de pre*o é no presidio
    Caça esportiva
    Não adote você sabe o que…
    Odeio vizinho nordestino
    Jesus não gosta de gays
    Feminismo:Fábrica de Putas
    A mulher é inferior ao Homem
    Contra o voto feminino
    Legítima Defesa Da Honra
    POLICIA NAO BATE, EDUCA
    Nada que um 38 não resolva
    Tatuagem: Carimbo de Pu*a

    Inacreditável, mas estão todas lá, disseminando preconceitos, violência, etc

    ResponderExcluir
  6. Essas pessoas são uma anomalia da natureza. Seria até injusto compará-los com o homem pré-histórico e selvagem - este ainda estaria anos-luz a frente. É o que há de pior e mais podre na face da Terra.

    ResponderExcluir
  7. ja´cansei de denunciar comu no orkut...trabalho perdido !recebo resposta ,que não procede

    ResponderExcluir
  8. Sonia, coloquei no final do artigo todas as formas de denúncia que são efetivas nesse caso.

    ResponderExcluir